Cementerio General – Santiago

No dia do Patrimonio Cultural de Santiago, fomos no cemitério da cidade, chamado de Cementerio General de Santiago, no bairro da Recoleta, inaugurado em 1821. O enterro de protestantes neste cemitério só foi permitido a partir de 1883, como parte de um pacote de leis laicas promulgadas no Chile.

  • elaine_santana_santiago_cementerio_general-8908 elaine_santana_santiago_cementerio_general-8908
  • elaine_santana_santiago_cementerio_general-8905 elaine_santana_santiago_cementerio_general-8905
  • elaine_santana_santiago_cementerio_general-8902 elaine_santana_santiago_cementerio_general-8902
  • elaine_santana_santiago_cementerio_general-8899 elaine_santana_santiago_cementerio_general-8899
  • elaine_santana_santiago_cementerio_general-8896 elaine_santana_santiago_cementerio_general-8896
  • elaine_santana_santiago_cementerio_general-8894 elaine_santana_santiago_cementerio_general-8894

Cajon Del Maipo – Santiago

Cajon del Maipo fica nos Andes. Nossa amiga Yuyo, nos levou até lá no último sábado. A trilha que fizemos fica a uns 2000 metros de altitude e andamos por meros 2,5 km antes de voltar (ela queria ver o jogo). Dois quilômetros e meio parece bem pouco prás duas horas que passamos por lá, mas levamos tanto tempo porque sofri muito com falta de oxigênio e parava para descansar a cada 100 metros, o que gerou: Continue reading “Cajon Del Maipo – Santiago”

A Feira – Santiago

O dia do Patrimônio Histórico e Cultural de Santiago foi comemorado em 27 de Maio e os edifícios históricos estavam abertos para visitação pública. Tínhamos combinado de encontrar alguns amigos para visitar um clube aqui da cidade, mas me distraí fotografando uma feira pela qual passamos no caminho para o centro de Santiago.

Pra mim, feiras são irresistivelmente fotogênicas, mesmo esta, tão parecida com as de São Paulo.

Continue reading “A Feira – Santiago”

U. de Chile vs Libertad de Paraguay

Não sou grande fã de futebol, mas aceitei o convite de uma amiga para ir ao jogo da Libertadores na nossa 2a. semana de viagem.

Acho que o mais interessante dos jogos, é ouvir o que as pessoas falam, os hinos que cantam. Então, o que tenho de mais interessante, são os audios gravados, mas ainda não processados. Enquanto isto, vão aqui algumas fotos.

Ah, la U de Chile venceu o jogo nos penâltis. Foi um jogo super bem disputado. 

  • elaine_santana_u_chile_game-8809 elaine_santana_u_chile_game-8809
  • elaine_santana_u_chile_game-8806 elaine_santana_u_chile_game-8806
  • elaine_santana_u_chile_game-8799 elaine_santana_u_chile_game-8799
  • elaine_santana_u_chile_game-8788 elaine_santana_u_chile_game-8788
  • elaine_santana_u_chile_game-8755 elaine_santana_u_chile_game-8755

Marcha por la Educación, Santiago, Chile – 16 de Maio de 2012

Marcha pela educação reuniu cerca de 100.000 estudantes na tarde de 16 de Maio. Os estudantes criticam mudanças relativas a cobranças de mensalidades em faculdades públicas.

  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación

Abstrações Mineiras

  • elaine_santana_minas_gerais-7429 elaine_santana_minas_gerais-7429
  • elaine_santana_minas_gerais-6947 elaine_santana_minas_gerais-6947
  • elaine_santana_minas_gerais-7000 elaine_santana_minas_gerais-7000
  • elaine_santana_minas_gerais-6932 elaine_santana_minas_gerais-6932
  • elaine_santana_minas_gerais-6914 elaine_santana_minas_gerais-6914
  • elaine_santana_minas_gerais-6918 elaine_santana_minas_gerais-6918
  • elaine_santana_minas_gerais-6907 elaine_santana_minas_gerais-6907
{image.index}/{image.total}

Pequena nota: Estas fotos também foram produzidas na viagem por Minas Gerais, relatada no post anterior. Além do costumeiro registro documental, fotografei a paisagem com um outro olhar, mais abstrato.

 

 

Minas Gerais!

Interrompo a narrativa de nossa passagem pela América do Sul para escrever sobre Minas Gerais, uma viagem que aconteceu no final de dezembro de 2011.

Quando voltamos de lá, guardei as fotos e por fim, esqueci delas. Hospedados, então, num pequeno hotel no meio do mato no mês passado, numa madrugada de insônia, aqui na Bolívia, resolvi editá-las. Olhar estas fotos – que agora compartilho com vocês – me fez pensar nestes dias de estrada, quando ainda tínhamos casa.

Para Minas, não tínhamos um roteiro totalmente definido, mas em nosso plano original, tentaríamos conhecer as diversas regiões deste estado que é o quarto maior em extensão territorial e o segundo mais populoso no Brasil. Com o carro cheio de amenidades, comida, fogareiro, barraca, roupas saímos de São Paulo em direção a Rodovia Fernão Dias e nosso primeiro destino: um motel de beira de estrada entre Três Corações e São Tomé das Letras.  Continue reading “Minas Gerais!”

James Brown em Belo Horizonte

Combinamos este ano de viajar por Minas Gerais, queríamos conhecer melhor este Estado que é o quarto em extensão territorial e o segundo mais populoso do Brasil.

As chuvas de verão estão castigando as Gerais este ano. Tem chovido muito e até agora, mais de 123 municípios estão em estado de emergência.

Fugindo da chuva, chegamos em Belo Horizonte, onde tínhamos amigos, tempo e espaço para decidir os próximos passos da viagem, já que com as chuvas, parte do nosso roteiro foi alterado.

Após alguns dias de preguiça e ócio, visitamos um amigo, Éder, que nos contou de um encontro de rua que acontece todos os Sábados, perto do Mercado Central em BH. E que ao som de James Brown as pessoas dançam, muitas vestidas a cárater: terno, gravata, sapato bicolor. Na rua. Ficamos intrigados. Continue reading “James Brown em Belo Horizonte”

Tango Queer

Uma das melhores experiências que tive em Buenos Aires foi o Tango Queer. Eu estava na cidade a trabalho e só fiquei sabendo do lugar no dia que deveria ir embora. Acabei atrasando a volta para poder ir até lá.

O tango é uma dança com papéis claros: O do homem e o da mulher. O homem conduz e a mulher é conduzida. O que o tango queer faz, não é simplesmente oferecer tango para gays, mas subverter os papéis, e de uma forma tão bonita e poética, que acabei fotografando em preto e branco. Mulheres conduzem homens, ou outras mulheres, ou são conduzidas por homens e outras mulheres, homens dançam com homens, e com mulheres, são condutores e conduzidos. Gays ou não, que importa? Não deveria importar dentro da sociedade também.

  • tango queer tango queer
  • tango queer tango queer
  • tango queer tango queer
  • tango queer tango queer
  • tango queer tango queer
  • tango queer tango queer
  • tango queer tango queer
  • tango queer tango queer
  • tango queer tango queer
  • tango queer tango queer
  • tango queer tango queer

 

Exposição no Cambodia

Este é o primeiro post depois de, numa tentativa de atualizar o software do wordpress dentro do site, ter perdido todas as fotos dos posts anteriores.

Ainda não tive ânimo para repostar tudo, trabalho de mais de um ano que terei que refazer… Vamos ver se, colocando um post novo com estas montagens inéditas eu me motivo a ir atrás de todas as fotos de novo…

Fui convidada junto com meu querido grupo de amigos fotógrafos (What We Saw) a participar desta exposição aberta e não curada no Cambodia, como parte de um festival chamado Angkor.

Queria mandar fotos de natureza, o assunto que mais tenho abordado no meu trabalho autoral: Quatro montagens de lugares e situações diferentes.

  • elaine_santana 4 elaine_santana 4
  • elaine_santana 3 elaine_santana 3
  • elaine_santana 2 elaine_santana 2
  • elaine_santana 1 elaine_santana 1

Mato Grosso

Esta viagem aconteceu em Setembro, num momento meu de reestruturação interna, buscava novas alternativas depois da minha saída da ONG onde trabalhava e dava aulas de foto.

Sentia uma necessidade de silêncios urbanos e de reencontros com a natureza, com novos ares, outras pessoas e formas renovadas de encarar a vida e, principalmente, as complexas questões do Brasil.

Não fotografei muito. Não com a câmera, pelo menos. Mas gostei muito do pouquinho que fiz.

  • esantana_matogrosso-4592 esantana_matogrosso-4592
  • esantana_matogrosso-4582 esantana_matogrosso-4582
  • esantana_matogrosso-4567 esantana_matogrosso-4567
  • esantana_matogrosso-4566 esantana_matogrosso-4566

Gol de Letra – Torneio de Futebol

Outro dia, fotografei para a Fundação Gol de Letra (www.goldeletra.org.br). Um torneio de futebol que eles organizam anualmente, para angariar fundos que financiam os projetos ao longo do ano.

Para quem não sabe, a Gol de Letra foi instituída pelos ex-jogadores do São Paulo, Raí e Leonardo. Eles oferecem formação cultural de crianças e adolescentes.

Fotografei só a final, no Estádio do Morumbi. Funcionários da Natura contra os da Brazul. Meu trabalho era fotografar a torcida, mas eu estava na lateral do campo quando o jogo se encerrou (decidido nos penâltis). A Natura foi campeã.

Depois os melhores jogadores tiveram uma partida contra celebridades, entre eles, Vampeta e o próprio Raí.

Confesso que fiquei mais admirada ainda com o Raí, que já cruzei andando sossegadamente pela Paulista. Quanto assédio! Difícil imaginar alguém manter uma certa serenidade com tanta gente querendo tirar foto, parando para conversar, pedindo autógrafo.

  • elaine_santana_gdl_bx_-5481 elaine_santana_gdl_bx_-5481
  • elaine_santana_gdl_bx_-5480 elaine_santana_gdl_bx_-5480
  • elaine_santana_gdl_bx_-5528 elaine_santana_gdl_bx_-5528
  • elaine_santana_gdl_bx_-5449 elaine_santana_gdl_bx_-5449
  • elaine_santana_gdl_bx_-5445 elaine_santana_gdl_bx_-5445
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5528 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5528
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5481 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5481
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5449 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5449
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5446 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5446
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5404 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5404
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5232 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5232

 

Webdocumentário Ipiranga 895

 

Em Outubro de 2010, enquanto fotografava o interior do prédio invadido pelo FLM (Frente de Luta por Moradia), fiquei sabendo de um grupo de jornalistas que preparava um webdocumentário sobre o mesmo tema. Acabei participando de algumas reuniões e socializando algumas fotos para o projeto e foi assim que nasceu esta colaboração com o Outras Palavras, um site que apresenta artigos muito bons sobre o mundo atual, numa ótica bem diferente das mídias tradicionais aqui no Brasil: www.outraspalavras.net.

Pro webdocumentário, mais de 20 profissionais participaram, fizeram entrevistas, fotografaram, filmaram e forneceram material. Foi legal ter feito parte de uma produção coletiva participativa.

Colocar todo este material junto, editar, selecionar, e transformá-lo em algo coeso e informativo dá um trabalhão: quem não deixou o projeto morrer foi jornalista Breno Castro Alves, que finalizou tudo e organizou uma festa bacana numa outra ocupação, na Avenida São João.

Fica aqui o link do webdocumentário: http://www.ipiranga895.outraspalavras.net/

 

NYC Moms

Comecei a fotografar mães enquanto morava e estudava aqui em Nova Iorque.

Nova Iorque é a cidade mais populosa dos EUA com mais de 8 milhões de pessoas, cerca de 36% de seus habitantes nasceu em outro país. Segundo a Wikipedia, mais de 800 idiomas diferentes são falados nesta cidade, tornando-a cidade com maior diversidade linguística do mundo.

Os retratos de mães com sua prole visava documentar justamente esta diversidade.

Mas meus dias de moradora nova iorquina acabaram antes que eu achasse que tinha terminado o projeto e voltei para o Brasil pensando que um dia ainda retornaria a NYC para finalizá-lo.

Agora, voltei para passar um mês. E retomo o projeto.

Para localizar qualquer uma das mulheres uso qualquer fonte disponível: publico numa lista local (craigslist), falo com amigos, posto no facebook, mando emails, ligo para pessoas. Demora, mas sempre aparece gente querendo participar.

Hoje vou finalmente fotografar Michelle, uma indiana que tem uma filhinha de 16 meses. E a partir de amanhã tenho outros retratos para fazer tambem.

Arrumando o equipamento hoje, preparando as cabeças de flash, difusores, câmera e filme, vou entrando no clima da sessão e vai me batendo esta alegria de saber exatamente porque escolhi ser fotógrafa, e porque apesar das dificuldades, frustrações, pessimismos ocasionais, inseguranças e conta cada vez mais vazia no banco, continuo fotografando:  a poesia única que cada pessoa imprime em sua própria vida e que eu tenho a chance de presenciar. 

  • Kate Kate
  • Fanteema Fanteema
  • Edna Edna
  • Angela Angela
  • Andrea Andrea