Dia de los Muertos

Hoje é nosso último dia aqui na Bolívia, nosso último dia de visto válido e temos que sair. Nosso plano é voltar em janeiro e passar mais três meses por aqui.

Hoje também é o dia de los muertos. Fui com um grupo de amigos daqui ao cemitério geral de La Paz. O dia dos mortos é o dia de celebrar os mortos que se foram. Não parece em nada um dia triste e além de mim, não vi mais ninguém chorando. Música, oferendas, comida, bebidas e flores, muitas, muitas flores.

Um senhor, me vendo fotografar as oferendas de sua família, que estavam no chão (frutas, biscoitos, pipocas, e t’antawawa – pão feito em forma de pessoa) começou a me explicar as tradições, as oferendas. Depois nos deu parte das oferendas. Queria Continue reading “Dia de los Muertos”

Freirina e os Porcos

Flor na região do deserto florido

Freirina é o nome de um pequeno povoado situado na província de Huasco, no chamado “pequeno norte” do Chile. Fundado em 1752, é uma das localidades mais antigas da região. Reúne atualmente cerca de 5 mil habitantes, apenas. Fica na província de Huasco banhada pelo rio de mesmo nome, na III Região de Atacama. O clima é semi-desértico costeiro, sofrendo influências do deserto e do oceano. A população vive da agricultura (cultivo de oliveiras para fabricação de azeite e azeitonas para consumo local e exportação), pesca e turismo. Influenciada pelo Pacífico, a região floresce na primavera: a paisagem árida dá lugar ao deserto florido. Continue reading “Freirina e os Porcos”

Valle del Huasco, Ouro e O Que Eu e Você Temos Com Isto

Ao seguir de carro pelas curvas da estrada da região do Valle del Huasco, não podemos deixar de notar as placas de protesto contra o projeto Pascua Lama e a empresa Barrick Gold. São muitas, de diversos tamanhos, em quase todos os povoados pelos quais passamos, e fazem referência à água e à empresa: “Água é mais importante que ouro”, “Água é vida”, “Não nos tirem nossas águas”, “Não acabem com nossa juventude”, “Morte a Barrick”. Continue reading “Valle del Huasco, Ouro e O Que Eu e Você Temos Com Isto”

Marcha por la Educación, Santiago, Chile – 16 de Maio de 2012

Marcha pela educação reuniu cerca de 100.000 estudantes na tarde de 16 de Maio. Os estudantes criticam mudanças relativas a cobranças de mensalidades em faculdades públicas.

  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación
  • Marcha por la Educación Marcha por la Educación

Exposição no Cambodia

Este é o primeiro post depois de, numa tentativa de atualizar o software do wordpress dentro do site, ter perdido todas as fotos dos posts anteriores.

Ainda não tive ânimo para repostar tudo, trabalho de mais de um ano que terei que refazer… Vamos ver se, colocando um post novo com estas montagens inéditas eu me motivo a ir atrás de todas as fotos de novo…

Fui convidada junto com meu querido grupo de amigos fotógrafos (What We Saw) a participar desta exposição aberta e não curada no Cambodia, como parte de um festival chamado Angkor.

Queria mandar fotos de natureza, o assunto que mais tenho abordado no meu trabalho autoral: Quatro montagens de lugares e situações diferentes.

  • elaine_santana 4 elaine_santana 4
  • elaine_santana 3 elaine_santana 3
  • elaine_santana 2 elaine_santana 2
  • elaine_santana 1 elaine_santana 1

Gol de Letra – Torneio de Futebol

Outro dia, fotografei para a Fundação Gol de Letra (www.goldeletra.org.br). Um torneio de futebol que eles organizam anualmente, para angariar fundos que financiam os projetos ao longo do ano.

Para quem não sabe, a Gol de Letra foi instituída pelos ex-jogadores do São Paulo, Raí e Leonardo. Eles oferecem formação cultural de crianças e adolescentes.

Fotografei só a final, no Estádio do Morumbi. Funcionários da Natura contra os da Brazul. Meu trabalho era fotografar a torcida, mas eu estava na lateral do campo quando o jogo se encerrou (decidido nos penâltis). A Natura foi campeã.

Depois os melhores jogadores tiveram uma partida contra celebridades, entre eles, Vampeta e o próprio Raí.

Confesso que fiquei mais admirada ainda com o Raí, que já cruzei andando sossegadamente pela Paulista. Quanto assédio! Difícil imaginar alguém manter uma certa serenidade com tanta gente querendo tirar foto, parando para conversar, pedindo autógrafo.

  • elaine_santana_gdl_bx_-5481 elaine_santana_gdl_bx_-5481
  • elaine_santana_gdl_bx_-5480 elaine_santana_gdl_bx_-5480
  • elaine_santana_gdl_bx_-5528 elaine_santana_gdl_bx_-5528
  • elaine_santana_gdl_bx_-5449 elaine_santana_gdl_bx_-5449
  • elaine_santana_gdl_bx_-5445 elaine_santana_gdl_bx_-5445
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5528 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5528
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5481 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5481
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5449 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5449
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5446 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5446
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5404 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5404
  • elaine_santana_gol_de_letra_blog-5232 elaine_santana_gol_de_letra_blog-5232

 

Webdocumentário Ipiranga 895

 

Em Outubro de 2010, enquanto fotografava o interior do prédio invadido pelo FLM (Frente de Luta por Moradia), fiquei sabendo de um grupo de jornalistas que preparava um webdocumentário sobre o mesmo tema. Acabei participando de algumas reuniões e socializando algumas fotos para o projeto e foi assim que nasceu esta colaboração com o Outras Palavras, um site que apresenta artigos muito bons sobre o mundo atual, numa ótica bem diferente das mídias tradicionais aqui no Brasil: www.outraspalavras.net.

Pro webdocumentário, mais de 20 profissionais participaram, fizeram entrevistas, fotografaram, filmaram e forneceram material. Foi legal ter feito parte de uma produção coletiva participativa.

Colocar todo este material junto, editar, selecionar, e transformá-lo em algo coeso e informativo dá um trabalhão: quem não deixou o projeto morrer foi jornalista Breno Castro Alves, que finalizou tudo e organizou uma festa bacana numa outra ocupação, na Avenida São João.

Fica aqui o link do webdocumentário: http://www.ipiranga895.outraspalavras.net/

 

Ocupação Avenida Ipiranga

Em 3 de Outubro, no mesmo dia das eleições, a FLM (Frente de Luta por Moradia), ocupou 4 prédios vazios no Centro da cidade de São Paulo.

Frequentei o prédio ocupado na Avenida Ipiranga durante o período em que eles ficaram por lá. Com eles conversei, fiz perguntas, comi e por lá dormi na última noite, a noite da reintegração de posse.

Com eles consegui aprofundar meu questionamento sobre a moradia em grandes cidades especialmente uma com tanto espaço físico como São Paulo, que ainda que tão grande, constantemente empurra seus moradores com menor poder aquisitivo para longe, para as periferias da cidade, através de demolições seguidas de construções de prédios de luxo ou destinados a classe média, altas no valor dos imóveis, especulação imobiliária e tantas outras questões relacionadas ao custo de vida.

  • Escada Escada
  • Prego Prego
  • A luz de velas A luz de velas
  • Carregando... Carregando...
  • Entilhos 2 Entilhos 2
  • Entulhos Entulhos
  • Cozinha Cozinha
  • Panela Panela
  • Café no balde Café no balde
  • Cozinha Cozinha
  • Prato Prato
  • Futebol Futebol
  • Esmalte Esmalte
  • Limpando Limpando
  • Sono Sono
  • Bebê Bebê
  • Lanche Lanche
  • TV TV
  • Balinha Balinha
  • Roupas Roupas
  • Dominó Dominó
  • Sono Sono
  • Quarto Quarto
  • Desocupando Desocupando
  • Desocupação Desocupação
  • Desocupação Desocupação
  • Desocupação Desocupação
  • Oração Oração
  • Polícia Polícia Integrantes da FLM observam a chegada da PM e dos caminhoes de mudanca que serao responsaveis pelo carregamento dos moveis de dentro do edificio ocupado para armazenagem
  • Saída Saída Ex-ocupantes do predio da Av Ipiranga choram ao deixar predio.
  • Saída Saída Senhora deixa predio da Av Ipiranga carregando seus pertences.